sexta-feira, 14 de junho de 2013

Abraji cobra explicações para agressões e prisões de jornalistas em São Paulo

Nota oficial

Abraji condena ataques à imprensa em São Paulo
A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) condena veementemente os ataques deliberados da Polícia Militar à imprensa. Pelo menos quinze jornalistas foram feridos pela Polícia Militar durante a manifestação de ontem (13) em São Paulo. Outros dois repórteres foram detidos. A Abraji cobra dos responsáveis que os agentes envolvidos nas agressões físicas contra repórteres e manifestantes sejam identificados e punidos. A Abraji também espera uma explicação oficial da Secretaria de Segurança Pública para a prisão de todos os jornalistas detidos. Impedir o repórter de realizar seu trabalho é violentar toda a sociedade; é atentar contra a democracia.
Postar um comentário