segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Francischini e os beagles

#vaicomoveio

O deputado federal pelo Paraná Fernando Francischini, líder do partido Solidariedade na Câmara dos Deputados, vai pedir à Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado que realize uma audiência pública com os diretores do Instituto Royal e ativistas envolvidos no episódio de invasão do laboratório e soltura dos cães de pesquisa, no último dia 18. Os ativistas de defesa dos animais acusam o Instituto Royal de irregularidades e atos criminosos nas pesquisas feitas em cães da raça beagle. Os manifestantes acamparam em frente à sede do instituto no sábado (12) até que na madrugada da sexta-feira (18) invadiram o laboratório e “resgataram” os cães. O requerimento do deputado tem o objetivo de debater a legislação criminal sobre maus-tratos a animais e os limites dos testes realizados em animais pelos laboratórios de pesquisas. O convite do deputado se estende ao Ministério Público de São Paulo, à ANVISA e ao Ministério da Saúde.
Postar um comentário