quinta-feira, 2 de março de 2017

Jornal do Brasil volta às bancas

Na contramão (?) da história, o Jornal do Brasil deve retomar a edição impressa a partir de maio. Com novo dono, o empresário do setor gastronômico Omar Peres, o mais charmoso jornal brasileiro, retorna às bancas depois de seis anos e meio.

O caso do JB é sintomático e pode ser um balde de água fria nas pretensões de alguns outros veículos. Aqui no Paraná mesmo, comenta-se que a Gazeta do Povo pode abandonar a edição impressa ainda este ano, depois de adotar o formato tablóide (ou berliner) no ano passado.

O dilema dos jornais diários parece insolúvel: a edição impressa é muito cara; a digital, não fatura o suficiente. Para tentar solucionar o impasse, tem-se tentado de tudo: produção de vídeos e programas ao vivo, clubes de benefícios para os assinantes, maior interatividade, levando-se em conta a participação do leitor, enfim, experiências que não vêm trazendo resultado financeiro prático.

De acordo com reportagem publicada pelo Jornal Opção, a expectativa de Peres é vender 30 mil exemplares por dia. Uma projeção otimista, se levarmos em conta as sucessivas quedas nas vendagens enfrentadas pelos veículos.

As dúvidas são muitas, mas uma coisa é fato: depois de se tornar exclusivamente digital, nunca mais se ouviu falar do JB.
Postar um comentário