quarta-feira, 11 de abril de 2018

Número de inadimplentes acelera pelo sexto mês seguido

Ao contrário do que prometiam os políticos que participaram do golpe contra o governo eleito de Dilma Roussef, a situação do país não melhorou. Dois anos após a posse do interino Michel Temer no comando do país, os números da economia continuam piorando. 

O número de inadimplentes no país vem batendo recordes mensais. O volume de consumidores com contas em atraso e registrados em cadastros de inadimplentes acelerou pelo sexto mês seguido e cresceu 3,13% no último mês de março na comparação com o mesmo período do ano passado. Na comparação mensal, isto é, entre março e fevereiro deste ano, o crescimento foi mais modesto, com alta de 0,85%. Em termos absolutos, aproximadamente 62,1 milhões de brasileiros encerraram o primeiro trimestre de 2018 com restrições no CPF para fazer compras a prazo ou obter empréstimos e financiamentos, por exemplo. Os dados foram apurados pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).

Confira o avanço dos endividados:


(*) Com informações da assessoria de imprensa

Postar um comentário