segunda-feira, 22 de maio de 2017

Rossoni defende saída do PSDB de ministério

O chefe da Casa Civil do Paraná e deputado federal licenciado, Valdir Rossoni, defende a saída do PSDB do governo Michel Temer (PMDB) e a entrega de todos os ministérios, mas a manutenção do apoio da legenda ao atual governo no Congresso Nacional. A declaração foi feita no domingo (21), durante transmissão ao vivo pelo facebook.

Rossoni é ex-presidente do PSDB-PR e um importante interlocutor da bancada estadual. “O PSDB é o segundo maior partido de sustentação do governo, atrás apenas do PMDB. Não podemos abandonar o país, a agenda econômica e as reformas. Ou corremos o risco de colaborar para o agravamento da crise. E isso vai atingir principalmente os trabalhadores e piorar o número de desempregados, que hoje já atinge perto de 14 milhões de trabalhadores. Neste momento é preciso ter responsabilidade e pensar na nação e no povo brasileiro”, explicou.

A cúpula do PSDB deve aguardar o julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o pedido de suspensão do inquérito contra o presidente, na quarta-feira (24), para decidir se mantem ou retira o apoio ao governo.
Postar um comentário