quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

SBT obriga Sheherazade a se retratar por comentário polêmico

SBT passa um sabão em Raquel Sheherazade e a obriga a dizer que a opinião era dela, não da emissora. Visivelmente constrangidos, ela e o colega de bancada, Joseval Peixoto, comentaram a repercussão do comentário que Sheherazade fez, defendendo o espancamento de um suposto ladrão. Antes, exibiram uma reportagem defendendo o "bandidinho" e ouvindo um sociólogo que disse o óbvio: "Quem regula nossas vidas é o sistema jurídico, bom ou ruim". A reportagem também criticou os chamados justiceiros. Na volta, Joseval passou a bola: "Raquel, você é a favor da violência?" "Não, sou uma pessoa do bem (e citou Renato Russo). Eu defendo as pessoas de bem desse país, que foram abandonadas". Demonstrando claramente a bronca que levaram, Joseval explicou duas vezes a diferença entre editorial, opinião da emissora, e opinião pessoal dos apresentadores. Embananada na tentativa de se explicar, Sheherazade quase comete uma gafe: "defendi o direito da população se defender quando a polícia não chega... todos têm o direito de prender alguém em delito e... e.... e... o que não se pode fazer é confundir o direito de se defender com a barbárie e isso eu não fiz.". Ou seja: é a internet, mais uma vez, enquadrando a imprensona. E será sempre assim daqui pra frente.

Confira aqui o comentário em que a jornalista defende o desrespeito às leis e a justiça pelas próprias mãos:



Postar um comentário