sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Apenas 10% pagam para acessar notícias on line

Apenas uma em cada dez pessoas paga por conteúdo on line (F: Divulgação Comunique-se)
Quem é do ramo - e até quem não é - sabe que o grande dilema do jornalismo contemporâneo é o seu próprio financiamento. Com o território livre da internet, em que cada espaço pode produzir e compartilhar - e até inventar - seu conteúdo, o desafio dos tradicionais veículos de comunicação do mundo é convencer o leitor a pagar para ter acesso a um conteúdo que, minutos depois, estará circulando livremente.

Apelar para a qualidade da informação, no entanto, parece ainda não ter surtido muito efeito entre os consumidores de notícias pela internet. O relatório Digital News Report 2017, que ouviu 70 mil pessoas em todo o mundo, apontou que apenas 13% pagaram para acessar notícias em 2016.

Para os veículos, esse dado pode significar duas coisas: olhando pelo ponto de vista pessimista, revela que o desafio talvez seja insuperável. Por outro lado, se esses mesmos veículos conseguem sobreviver com um décimo de seus financiadores em potencial, o horizonte que se apresenta é extremamente lucrativo.

Leia a reportagem completa no Comunique-se.
Postar um comentário