quarta-feira, 4 de abril de 2018

Após cumprir pena, Japonês da Federal filia-se ao Patriota

Sampaio, Picler e Ishi, o braço forte (F: Divulgação)
O Patriota do Paraná (antigo PEN, Partido Ecológico Nacional) anunciou hoje a filiação de Newton Ishii ao partido. Conhecido como Japonês da Federal, Ishii se tornou celebridade instantânea ao conduzir presos da Lava Jato. Atividade que continuou exercendo mesmo após condenação, em 2016, a 4 anos e 2 meses de prisão por facilitação de contrabando. À época, o Japonês usava uma tornozeleira eletrônica.

A filiação deu-se em 29 de março, em Curitiba, em ato acompanhado pelos presidentes municipal, Marcellão Sampaio, e estadual, o ufologista Wilson Picler, do Patriotas. Em nota, o partido afirma ter conseguido um "braço forte para a legenda", o "megafamoso da Operação Lava Jato Newton Ishii". O partido anunciou também a pré-candidatura do "megaempresário do ramo da educação" Wilson Picler ao Senado e afirma ter potencial para eleger três deputados federais e dois estaduais.

O Patriota não indicou qual cadeira Ishii disputará, mas o Japonês já foi escolhido vice-presidente do Diretório municipal. Newton Ishii já cumpriu sua pena e se aposentou da Polícia Federal.
Postar um comentário