quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Contra Haddad e Bolsonaro, grupo cria movimento #Alcirina - Alckmin, Ciro e Marina

Manifestantes protestam contra Bolsonaro em Curitiba (F: Paulo G. da Silva)
Um grupo ainda não identificado criou, na plataforma de petições online Change.org, um manifesto defendendo a união de Ciro Gomes (PDT), Alckmin (PSDB) e Marina Silva (Rede) contra a polarização entre Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL). No documento, que já conta com mais de 8 mil assinaturas, os autores alertam que "o Brasil caminha para um cenário de segundo turno no qual ninguém sairá vencedor. No momento de crise em que vivemos, não podemos arriscar ter o Brasil refém de governos que irão ampliar ainda mais a divisão e polarização do país".

O grupo pede a renúncia da candidatura de dois dos três candidatos em torno de um só, preferencialmente Ciro, por estar mais bem colocado nas pesquisas, mas deixando em aberto a decisão aos próprios candidatos.

"A surpreendente ascensão de Jair Bolsonaro é uma resposta à insatisfação com o rumo que o país tomou nos últimos anos em que foi administrado pelo PT: escândalos de corrupção, favorecimento de empresários amigos do partido e política econômica que levou o país a uma crise da qual ainda estamos nos recuperando. Se o descontentamento é justificado, a estratégia escolhida por muitos eleitores é equivocada e perigosa. Bolsonaro se fortalece através do mesmo artifício usado por João Santana nas últimas campanhas do PT: a criação de um personagem para salvar o Brasil, mas que não tem condições de conduzir a mudança esperada por muitos daqueles que hoje o apoiam", diz o manifesto. 

Você pode ler e assinar o documento clicando aqui.
Postar um comentário