sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Medo de voar? Seus problemas acabaram

Pra quem tem medo de viajar de avião, uma boa notícia: duas psicólogas de São Paulo prometem acabar com esse temor em apenas dez sessões de terapia. A VOE Psicologia, fundada por Fernanda Queiroz e Paola Caselecchi, oferece tratamento individual e em grupo. 

É importante falar que nossa terapia é indicada para quem tem aerofobia, como também para quem apresenta níveis diferentes de ansiedade quando precisa viajar de avião. Outro diferencial importante é que é uma terapia breve. A terapia individual é feita em dez consultas e o curso intensivo em grupo é feito em dois dias”, explicam.

Parte da terapia é ministrada por pilotos profissionais, que são parceiros da VOE, no Campo de Marte, em São Paulo, local em que o paciente também participa de uma simulação de voo. “Este é um dos momentos mais importantes do tratamento, pois é nessa fase que fazemos a dessensibilização sistemática, ou seja, ajudamos a pessoa a enfrentar o medo de voar expondo-a gradativamente aos elementos que possam ativar a sua fobia, como barulhos, equipamentos, aeronaves, etc.”, diz Paola.

Para quem deseja, há ainda a opção de realizar um voo terapêutico para encerrar a terapia. O paciente recebe também um plano de acompanhamento de dois anos para prevenir recaídas.

Veja abaixo as datas e locais dos próximos cursos da VOE, que acontecem em Brasília e em São Paulo.


Curso Terapêutico em Aerofobia – VOE

Duração: 2 dias/Intensivo

Brasília
Local: Fly BSB
Data: 16 e 17 de Setembro
 
São Paulo
Local: Delta5 – Campo de Marte
Data: 23 e 24 de Setembro

Informações e inscrições:
contato@voepsicologia.com.br

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Época revela imagens exclusivas das malas de propina de Aécio e Temer

Mala de dinheiro entregue ao primo de Aécio (Foto: Época)
A revista Época teve acesso com exclusividade às fotos das malas de dinheiro entregues a emissários do senador Aécio Neves (PSDB-MG), Michel Temer (PMDB-SP) e à mulher do doleiro Lúcio Funaro, que, em delação que está sendo negociada, ameaça implodir de vez o governo. De posse das fotos, a revista reconstituiu todas as entregas do dinheiro sujo aos personagens citado: "notas, muitas notas, de dinheiro. Amarelas ou azuis. Em malas ou pastas.", cita a reportagem de Diego Escosteguy.

A revista lamenta ainda que, "após semanas e semanas de discussões jurídicas e políticas sobre a crise que se instalou no Brasil, esse elemento tão primário, tão fundamental, do que define os casos de Temer e de Aécio ficou convenientemente esquecido."

Leia a reportagem completa aqui.

"Doria é um exemplo de eficiência", diz Ratinho Júnior

Candidato ao governo, Ratinho "cola" em Doria (F: Facebook)
Em conversa com o prefeito de São Paulo, João Doria, nesta quinta-feira, 3, em Curitiba, o secretário de Desenvolvimento Urbano do Paraná, Ratinho Júnior, destacou a importância da parceria entre o poder público e a iniciativa privada para o desenvolvimento econômico do Brasil.

“É preciso ter uma agenda conjunta e sinérgica entre o poder público e as empresas, que promovam o desenvolvimento da sociedade, atraia investimentos e estimule a competitividade do mercado a partir de bases sociais sólidas”, disse.

Ao lado de Doria, Ratinho Júnior participou de evento na Universidade Positivo com a presença de mais de 400 empresários. O encontro debateu a “gestão pública e gestão privada: a experiência e os possíveis choques”. “O Doria é um exemplo de eficiência em gestão pública e boas práticas da iniciativa privada”.


Da Assessoria

Assista: advogado chama desembargador de "vagabundo" e julgamento é suspenso

Em um vídeo que circula desde ontem nas redes sociais (assista abaixo), um advogado, bastante exaltado, chama um desembargador de "vagabundo", "safado", e ainda o ameaça de "quebrar a cara" dentro de uma sala de audiências. Segundo a imprensa regional, o fato ocorreu no Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

Córdova denuncia desembargador (Reprodução)
De acordo com o jornalista Rafael Martini, do ClickRBS, trata-se do experiente advogado Felisberto Odilon Córdova, que acusou em público o desembargador Eduardo Gallo de pedir R$ 700 mil ao seu cliente para votar a seu favor em um processo em que é relator.

"O julgamento que está acontecendo aqui é comprado. Estou fazendo uma denúncia", diz Córdova. Segundo o advogado, Gallo teria recebido uma proposta de R$ 500 mil para votar contra seu cliente e teria feito uma contraproposta. "Esse descarado chegou a mandar no nosso escritório uma contraproposta de que poderíamos cobrir isso por R$ 700 mil. (...) Isso aqui não é o Senado, isso aqui não é a Câmara dos Deputados, isso aqui é um Tribunal de Justiça, e é preciso que a moralidade surja e venha a termo", esbravejou Córdova.

Surpreso e acuado, Gallo pediu ao presidente da sessão a prisão do advogado, no que não foi atendido. OAB e Ministério Público irão acompanhar o caso. O julgamento foi suspenso.

Assista ao vídeo da denúncia:

video

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Em férias

O blog está em férias e passará por algumas mudanças. Retorno em breve.