Mostrando postagens com marcador tecnologia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador tecnologia. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Pela 1ª vez, massa dos objetos construídos pelo homem supera a dos seres vivos na Terra

Ruinas, carcaças de carro e até mesmo o lixo do dia a dia compõem o total de objetos construídos ao longo da história da humanidade, quantia que no final de 2020 superou pela primeira vez a soma da massa de tudo que é natural na Terra. Esta foi a conclusão de um estudo liderado por pesquisadores israelenses que foi publicado na revista científica Nature.

A massa antropogênica, aquela com interferência humana, ultrapassou a marca de 1,1 trilhão de toneladas em 2020 e no último século vem dobrando de tamanho a cada 20 anos. “Se esta taxa de crescimento se mantiver, espera-se que a massa antropogênica alcance três trilhões de toneladas em 2040, ou seja, o triplo da biomassa terrestre. Se quisermos reverter este cenário, é hora de reavaliarmos nossos hábitos de consumo”, afirma Rodrigo Berté, diretor da Escola Superior de Meio Ambiente do Centro Universitário Internacional Uninter.

Os estudiosos denominaram massa antropogênica a matéria não viva modificada diretamente pela ação humana: metal, asfalto, concreto, tijolos, plástico, vidro, etc. De outro lado está a biomassa viva, que consistiu na totalidade do que é produzido pelos seres vivos, vegetação (incluindo árvores), animais, fungos e todos os micro-organismos presentes no solo e nas águas. Em ambos os grupos, os pesquisadores optaram em utilizar como base o peso seco, eliminando a presença da água.

Berté comenta que estes números podem ser argumentos para alguns estudiosos defenderem que já estamos em uma nova era geológica, a Antropoceno. “Há alguns anos cientistas já vem afirmando que no futuro, quando forem analisar as camadas de gelo e de rocha, vão achar marcas dos séculos 20 e 21. A Era do Homem será marcada pelo aparecimento de materiais que simplesmente não existiam na Terra antes, como concreto e alumínio em forma metálica pura”, explica.

quinta-feira, 16 de julho de 2020

Estaudante apresenta projeto de braço alimentador para deficientes físicos

Heloise Dellagnelo Torres, acadêmica do curso de Engenharia Mecânica da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), desenvolveu um projeto de equipamento robótico para auxiliar na alimentação de pessoas com deficiência física motora nos membros superiores.

Trata-se de um braço alimentador mecânico que dispõe de uma colher, um prato e três recipientes. Ele foi projetado para recolher a comida e levá-la até a boca do usuário. O projeto é inspirado nos modelos OBI e Feedbot, também dedicados a fornecer autonomia a pessoas com dificuldades de mobilidade.

Próxima etapa é a impressão 3D (F: Divulgação)
O estudo, orientado pelo professor e pesquisador Alejandro Rafael Garcia Ramírez, foi produzido entre julho de 2019 e abril de 2020, fruto do Trabalho  de Iniciação Científica e Tecnológica (TICT) de Heloise.  Neste período, a dupla realizou uma pesquisa de mercado para identificar quais modelos de alimentadores robóticos já existiam, a tecnologia empregada e o custo do produto. Ao verificar as necessidades do público-alvo, optaram por desenvolver um protótipo que pode ser colocado sobre a mesa e variar posições para ser adaptado de acordo com a necessidade de cada pessoa.

A próxima etapa do processo será a impressão 3D do material, que acontecerá após o retorno das atividades laboratoriais presenciais da Universidade, paralisadas por conta da pandemia do novo coronavírus. Depois, serão realizados testes para verificar o tempo e a velocidade adequada dos movimentos dos robôs, assim como o coeficiente de segurança apropriado para o material.

Heloise conta que decidiu trabalhar no projeto ao observar bancas de seu professor e orientador Alejandro. Em uma delas, também sobre alimentador robótico, a acadêmica se emocionou ao lembrar de sua avó que faleceu de esclerose lateral amiotrófica: “Eu adoraria que ela tivesse acesso a um dispositivo desse para poder se alimentar com mais autonomia", afirma. Ao ressaltar a parceria com o professor Alejandro, com quem já havia atuado na área de tecnologia assistida, destaca o que pretende fazer com o trabalho: “Temos a intenção de disponibilizar o projeto do dispositivo para a produção em outras universidades ou na indústria. A opção com o menor custo será a escolhida para que o maior número de usuários possível tenha acesso ao produto final", explica.

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Que tal um guarda-chuva invertido?

O Quico queria uma bola quadrada. Agora, inventaram o guarda-chuva invertido. Brincadeiras à parte, parece uma boa ideia, não? Dê uma olhada:


Segundo o fabricante, o SuperBrella, além de fechar ao contrário, tem nanotecnologia, repelindo a água e ficando sempre seco. Se você se interessou, dê uma olhada aqui.

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Apenas 2% confiam em governos para segurança on line

Apenas 2% das pessoas no mundo todo confiam nos governos para garantir segurança on line. Em contrapartida, 40% das pessoas acreditam que organizações sem fins lucrativos podem auxiliá-las nesse sentido. Os dados são de uma pesquisa realizada pela Mozilla, empresa responsável pelo navegador de código livre Fire Fox.

A pesquisa on line realizada em agosto teve a participação de quase 190 mil pessoas, 7% delas do Brasil. O país ficou em quinto lugar, atrás de França, Itália, Alemanha e Estados Unidos. Os temas abordados foram desde a conectividade até as impressões sobre o futuro do Mundo.

A pesquisa pode ser verificada na íntegra neste link.


segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Site ajuda a descobrir se você teve sua senha vazada

O hotsite MinhaSenha.com, lançado recentemente pela Axur, empresa brasileira especializada em monitoramento de riscos digitais, permite que as pessoas descubram se suas senhas, que geralmente usam em logins ou e-mails para e-commerce, portais e apps, vazaram na internet.

No site, o usuário pode testar seus e-mails pessoais para descobrir se teve alguma senha divulgada na internet atrelada àquele endereço eletrônico. Em caso positivo, ele receberá a senha por e-mail e poderá alterá-la em todos os sistemas em que ela é usada. Dessa forma, o internauta evita que criminosos roubem dados pessoais ou façam compras em seu nome em plataformas de comércio eletrônico, por exemplo.

Além dos e-mails pessoais, o usuário também pode verificar se o endereço corporativo foi vazado. Caso as senhas de trabalho também estejam comprometidas, o sistema informará se existem outros e-mails e senhas vazados da mesma empresa, assim a área de segurança ou TI poderá tomar as devidas providências.

No último ano, mais de 2 bilhões de senhas foram vazadas na internet, sendo pelo menos 5% delas de consumidores brasileiros, segundo dados de levantamentos da Axur.

(*) Com informações da assessoria de imprensa

quarta-feira, 6 de abril de 2016

UFC? Não, luta de robôs em São José dos Pinhais



No próximo sábado (9), robôs se enfrentam em São José dos Pinhais, pela segunda edição do Torneio de Robótica do curso de Bacharelado em Sistemas de Informação da Faculdade da Indústria IEL, do Sistema Fiep. A programação vai reunir equipes formadas por estudantes de diversas instituições  em um torneio cujos "lutadores" são máquinas desenvolvidas em sala de aula.  A entrada é franca.

Trata-se de uma competição de inteligência e técnica, na qual os participantes planejam, projetam, constroem e programam robôs para duelos entre equipes. O torneio é dividido em duas categorias: robôs autônomos - em que não há interação com meios externos - e robôs rádiocontrolados - via rádio, wi-fi ou bluetooth.  Ao todo, serão 21 robôs prontos para a disputa, cada um representando uma equipe de até cinco componentes.

Uma partida é composta por três rounds de dois minutos cada. O árbitro pode acrescentar mais um minuto a cada round se achar necessário. Entre os critérios de pontuação está o yukô, termo retirado das artes marciais, como o judô e o karatê. Um yukô equivale a um terço da pontuação máxima, o ippon. Doius yukôs dão a vitória em um round; cada round vencido garante mais um yukô. Além do desempenho dos robôs, a atitude das equipes de competidores também será avaliada.

A equipe que vencer a competição ganha um mini-curso de Arduíno (placa utilizada como plataforma de prototipagem eletrônica) com o professor Fábio Bettio, mais um arduíno uno, um protoboard, leds e resistores, potenciômetro, placa para carga de bateria de lítio e demais peças para a montagem de um robô.

Serviço:

2º Torneio de Robótica, do curso de Bacharelado em Sistemas de Informática da Faculdade da Indústria IEL
Quando: Dia 9 de abril, das 14h às 17h
Onde: Faculdade da Indústria IEL: Av. Rui Barbosa, 5.881, Afonso Pena, São José dos Pinhais, PR
Quanto: grátis

Da Assessoria

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Aplicativo gratuito revela quem não é mais seu amigo no Facebook

Do Tech Tudo

Com Unfriend Alerts, descubra quem não é mais seu amigo no Facebook


Por Tereza Furtado

O Unfriend Alerts é uma extensão para Google Chrome que oferece alertas a cada vez que alguém desfizer a amizade com você no Facebook. Ele passa a mostrar quem não é mais seu amigo a partir do momento em que instalá-lo, os anteriores não são verificados.
A extensão funciona de forma simples e, após sua instalação, basta utilizar seu Facebook normalmente. Quando acontecer de alguém o excluir de sua conta, você receberá um aviso em um pop-up muito parecido com as notificações tradicionais da rede social.
O programa é instalado de forma fácil e rápida e não é preciso fazer nada mais após a incorporação

Leia a reportagem completa no Tech Tudo.